Artigos

Budapeste: Teoria em ficção
Revista ArReDia, Vol. 4, No 7 (2015), p. 75-86.
Artigo de Adrieli Aparecida Svinar de Oliveira

Resumo: Esse artigo procura demonstrar o quanto o livro Budapeste (2003), de Chico Buarque de Holanda, é um exercício de ficção e de teoria. Buscaremos mostrar que as questões pontuadas pelo romance são relevantes para o cenário da obra de arte literária nesse início de século XXI. O aspecto mais explorado será o da metaficcionalidade, porém, sem descuidar de outros, como autoria e construção de estilo individual no cenário pós-moderno, que estão também no escopo desta grande obra.


Capitu e seu duplo: estudo de uma adaptação
Anais: I Congresso Internacional de Novas Narrativas (p.915-921)

Artigo de Evelin Gomes da Silva

Resumo: Essa pesquisa tem como objetivo estabelecer reflexões sobre as adaptações que a narrativa televisiva Capitu (2008), dirigida por Luiz Fernando Carvalho, fez do livro Dom Casmurro (1899), de Machado de Assis. As ponderações acerca dos elementos intertextuais que reportam a obra televisiva ao romance alcançam profundidade no momento em que se considera esta como sendo “outra obra”, isto é, à medida que os procedimentos típicos de seu meio forem considerados a partir das necessidades intrínsecas de sua produção ficcional, o que lhe outorga independência. A abordagem se deu a partir dos estudos sobre a adaptação levados a efeito pela crítica canadense Linda Hutcheon. Por estar em seus momentos iniciais, a pesquisa registrada neste artigo intenta tão somente dar visibilidade aos elementos recolhidos até o presente momento, formulando a partir destes uma hipótese de resultados.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s